SALSA, SALSINHA… TEMPERO OU REMÉDIO?

Muito utilizada nos pratos culinários mais diversificados, este tempero tão saboroso pode esconder mistérios além de sua imaginação.

Origem

Natural da Europa, a salsa (conhecida também por salsinha, salsa-de-cheiro ou salsa-hortense) foi trazida para o Brasil no início da colonização. Seu cultivo é relativamente fácil: pode ser cultivada em vasos e adapta-se muito bem a terrenos areno-argilosos, ricos em matéria orgânica, fracamente ácidos e bem drenados.  Os antigos egípcios usavam-na como um remédio para dor de estômago e distúrbios urinários. Os romanos acreditavam que a salsa evitava intoxicação e, portanto, a empregava para desodorizar o ar (repleto de álcool) durante seus banquetes. No passado acreditava-se que ela era capaz de curar doenças como a malária, a peste e o envenenamento. Atualmente, ela é mais conhecida pelas suas propriedades diuréticas e carminativas.

Mas, afinal, como utilizá-la medicinalmente?

Propriedades Terapêuticas

  • Diurética (facilita a secreçao da urina)
  •  Emenagoga (provoca a vinda da menstruação)
  • Carminativa (combate os gases intestinais)
  • Expectorante (facilita a expectoração)
  • Antitérmica (combate a febre)
  • Eupéptica (melhora a digestão)
  • Vitaminizante (colabora na regeneração das células)
  • Aperiente (abre o apetite)
  • Antiinflamatória (combate inflamações)

Indicaçoes

As folhas podem ser utilizadas para combater: 

  • Febres Intermitentes – Uso interno: suco – 1 colher de sopa três a quatro vezes ao dia.
  • Bronquite Asmática e Laringite Crônica – Uso interno: suco adoçado com mel – 1/2 xícara de café uma vez por dia, em jejum.
  • Equimoses – Uso externo: suco (sob a forma de compressa) – aplicar, no mínimo, três vezes ao dia.
  • Disenteria – Uso interno: chá por decocção – 1 xícara três a quatro vezes ao dia.
  • Inflamaçao e Edema de Pálpebras – Uso externo: sob a forma de cataplasma fria – aplicar várias vezes ao dia.
  • Hemorragias Nasais – Uso externo: introduzir folhas trituradas nas narinas.
  • Hemorragias de Ulceras e Feridas, Picadas de Insetos, Nevralgias – Uso externo: sob a forma de cataplasma – aplicar três a quatro vezes ao dia.

As raízes podem ser empregadas no combate a:

  • Gases Intestinais – Uso interno: chá por decocçao – 1 xícara três a quatro vezes ao dia.
  • Nefrite e Cistite – Uso interno: chá por infusao – 1 xícara três a quatro vezes ao dia.
  • Anasarca, Hidropisia, Edemas de Membros Inferiores – Uso interno: chá por decocção (de 30 a 100g para cada litro de água) – 1/2 xícara de 4 em 4 horas.

As sementes atuam na:

  • Atonia Gástrica e Nevralgias em geral – Uso interno: chá por decocçao – 1 xícara três vezes ao dia.

ATENÇÃO: Se você é adepto da medicina natural, experimente os efeitos terapêuticos da salsa e descubra porque os fitoterapêutas a recomendam até hoje; MAS CUIDADO, A salsa, através de uso interno, é contra-indicada para gestantes e lactantes, pois um de seus componentes, o apiol, é estrogênico; isto é, altera o sistema reprodutor feminino e pode provocar o aborto.

 Fonte: http://www.saudeinformacoes.com.br

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Alimentação, Curiosidades, Dicas, Diversos, Doenças, Saúde, Tratamentos, Utilidade Pública e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para SALSA, SALSINHA… TEMPERO OU REMÉDIO?

  1. estou insistindo em compartilhar este assunto, porque tive um resultado imediato na limpesa dos rins após tomar o chá da salsa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s