COMO DIRIGIR UM CARRO… ASSUMA AGORA A DIREÇÃO DE SUA VIDA

Texto de Patrícia Gebrim

Acreditem… Cada um de nós é plenamente capaz de assumir a direção de sua própria existência! A nossa vida veio de fábrica com todos os ítens necessários para uma jornada tranquila e cheia de aventuras. Temos freios e direção sim. Temos um acelerador que nos permite optar por várias velocidades. Temos ainda acessórios para que a viagem seja confortável e segura. Podemos reclinar o banco, ouvir música e modificar a temperatura. Podemos parar para uma soneca de vez em quando, caso estejamos cansados demais.

Algumas pessoas vivem suas vidas como se estivessem a bordo de um carro desgovernado, sem motorista, freios ou direção, descendo uma ladeira que parece não terminar nunca. As coisas vão acontecendo, encadeando-se umas às outras e ao infeliz passageiro desse veículo parece não existir outro lugar a não o ser o de vítima.  E em momentos de desafio sempre existem cintos de segurança e air bags prontos a amenizar os impactos.

Não precisamos ser vítimas. Podemos ser os condutores da nossa vida!  Pare um instante para pensar em algumas coisas que têm incomodado você ultimamente. Podem ser alguns quilinhos a mais, um relacionamento ou emprego insatisfatório, uma conta bancária desequilibrada.

– Pensou?

Agora pergunte a si mesmo. Você já sabe o que precisa ser mudado? Já fez tudo o que podia para lidar com a situação? Está com a direção da sua vida nas suas mãos? Está fazendo o seu melhor para mudar isso? Ou está reclamando, esperando que alguém magicamente resolva a sua vida por você? Sente-se com poder para lidar com a situação ou se acostumou a pensar em si mesmo como alguém que acaba sempre fracassando no final? Continua tentando? Aliás… já tentou alguma vez? Ou desistiu de tentar?

É claro que todos nós temos algumas limitações reais, mas na minha observação, muitas vezes desistimos antes de ter chegado a esse ponto. Simplesmente não confiamos o suficiente em nossa força para mudar de direção. Não colocamos em ação a nossa força de vontade. Optamos por fantasiar soluções mágicas que, sem a nossa ação, tornam-se apenas mais um passo em direção à frustração.

Segure firmemente o volante de sua vida nas suas mãos e vire-o na direção para onde de verdade deseja ir. Acelere ou freie, de acordo com seu plano de vida. Sinta que isso é possível!  Se você trouxer isso tudo para o campo da sua razão, não será difícil. Jogue fora as crenças limitadoras que lhe dizem que você não será capaz. Não importa quantas vezes tenha tentado e se frustrado… tente uma vez mais, como se essa fosse a primeira vez.  Assuma. Decida-se. Comprometa-se.

Assuma o que lhe incomoda, esse é o começo da transformação. E então decida-se a mudar. Transforme o rumo de sua vida. Comprometa-se consigo mesmo. Não vá logo de cara tentando mudar tudo ao mesmo tempo. Nem é preciso que você comece pelo mais difícil. Apenas escolha uma coisa… uma única coisinha a ser mudada… um único aspecto de sua vida… e comprometa-se com ele. Foque nele as suas energias, a sua força. Queira transformar isso… e envolva-se com a transformação. Busque ajuda se necessário. Faça planos, trace metas, vá atrás do que quer.  O que importa é que você esteja a caminho. Não se prenda em querer saber quando você irá chegar. Apenas mantenha-se no caminho, não importa o que aconteça. Não desista. Grandes conquistas acontecem como resultado de pequenos passos. Você pode dar pequenos passos, e é apenas o que precisa fazer.

Permita a si mesmo sentir o doce sabor de ter em suas mãos o controle de suas escolhas. Permita-se ir a um restaurante, ou a uma festa, e escolher o que você quer comer. Permita-se ir ao shopping e comprar apenas o que decidiu comprar, sem ceder a impulsos momentâneos. Permita-se sentir-se poderoso ao perceber que você não é desviado a toda hora de seu caminho, seja por um brigadeiro… por uma propaganda bem feita… por um elogio qualquer.  Seja fiel a si mesmo. Saiba resistir ao “canto da sereia”.

Em nossa sociedade muitas pessoas se especializaram em dizer coisas apenas para fazer você entregar a elas o que elas querem. Pode ser seu dinheiro, seu tempo, seu carinho, e por aí vai. É aquela pessoa que lhe faz um elogio apenas para que você compre aquela bermuda horrorosa que faz você parecer um bujão de gás.

Aprenda a reconhecer a qualidade das experiências e pessoas que vêm em sua direção. Nem todos merecem o seu melhor. Não vá mudando o seu rumo por qualquer coisa, supere essa ingenuidade que acaba fazendo com que você constantemente traia a si mesmo, deixando-se enganar por algo que veio de fora de você.  Baseie suas escolhas na rota que traçou. Ande com o mapa na mão para que saiba para onde está indo.

Confie no melhor GPS que existe, seu próprio coração! Ele sempre lhe dirá se a direção escolhida o faz feliz ou não. E se perceber que está indo na direção errada, nada de punir a si mesmo. Apenas vire-se e volte ao seu caminho, quantas vezes forem necessárias!

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Dicas, Diversos, Reflexão e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para COMO DIRIGIR UM CARRO… ASSUMA AGORA A DIREÇÃO DE SUA VIDA

  1. Du disse:

    Fantástico texto….Parabéns !!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s