A VEZ DO LEITOR: JOSÉ JADSON COELHO BEZERRA

Boa noite, Pessoal

Tudo bem com vocês? Espero que sim…

Desculpem o sumiço, os últimos dias foram corridos e tensos, mas consegui sobreviver.

Há 11 dias, recebi um comentário tão bacana em uma postagem, que entrei em contato com o autor e pedi autorização para colocá-la aqui.  Ele gentilmente me autorizou.20200210_105457

Jadson, como gosta de ser chamado, é de Fortaleza, tem 29 anos, é casado e esse ano a família vai aumentar!! 💖

Trabalha como técnico administrativo em uma financeira, ele e a esposa gostam de curtir o cantinho deles, assistir Netflix,  jogar vídeo game, mas também costumam sair para jantar.

A alopecia acompanha ele há 16 anos, já sofreu muito preconceito, bullying por causa da queda de cabelo e falhas na barba.

Ele é uma dessas pessoas que descobriu que a vida é muito mais que cabelos e deixou para nós uma mensagem.

Jadson, muito obrigada por participar!! Que Papai do Céu ilumine sempre seu caminho!!

“Olá meu nome é Jadson, tenho 29 anos e possuo a “doença” a 16 anos, já fiz todo tipo de tratamento (gelo seco, minoxidil, infiltração e outros) o de infiltração no couro cabeludo foi o que teve melhor resultado, não fiz na barba por medo da consequência de atrofiar.  

Há uns 6 anos descobri que tinha Hipotireoidismo e esse problema poderia ser uns dos fatores para alavancar meu problema de alopecia além de estresse, ansiedade e vários fatores psicológicos que causam a ampliação nas áreas afetadas.  Realizando o tratamento do hipotireoidismo (que é para o resto da vida também) e tentando controlar as emoções, notei que a alopecia aparecia de uma forma menos severa, ou seja, menos áreas afetadas, de menor proporção e com duração menor.  

Há uns 4 anos desencanei total da doença, não dou mais importância para o que ela faz  porque quanto mais me preocupo ou me importo, parece que o cabelo demora mais a crescer, você fica em uma aflição sem fim e começa as paranoias, assim só agravando mais esse  alopecia.  

Atualmente possuo uma área afetada na barba (queixo e pescoço)  e o cabelo já está crescendo sem nenhum tipo de tratamento essa área surgiu em um momento de estresse em julho/2019 e já apresenta melhoras.  

Eu sofri preconceito por causa de colegas de colégio, bullying, chacota, perdi quase toda minha adolescência sem querer sair de casa, relacionamentos nem pensar só pela vergonha que tinha de meu problema, porém, tudo isso é passado, se pudesse faria tudo diferente e estou fazendo.  

Portanto, meu conselho aos portadores de alopecia: Vão ser feliz, não deixe que isso atrapalhe sua vida, procure controlar as emoções, o estresse é extremamente prejudicial e agrava sua situação, vivam sua vida da melhor forma possível e aproveitem todos os momentos sem se preocupar quem olha pra você ou lhe juga.  

Sei que é não é nada fácil mas tente que um dia você consegue e a liberdade dessa preocupação é uma das melhores coisas que irá acontecer na sua vida.  

Que Deus abençoe a todos e os guiem nos melhores caminhos!!  Abraços!!”

Gostaram da participação do Jadson? O que acha de enviar sua história?  Você só será identificado se quiser,envie um e-mail para: alopeciabrasil@gmail.com.

Será um imenso prazer ter a participação de vocês aqui!!

Um final de semana maravilhoso a todos vocês!!

Beijocas, Claudinha

Publicidade

VOCÊS CONHECEM A VEZ DO LEITOR?

Olá, Pessoal!

Tudo bem com vocês?  Espero que sim…

Desculpem o sumiço dos últimos dias, eles foram corridos demais e mal tive tempo de passar por aqui.  Como tem muita gente nova acessando o blog, gostaria de dividir com vocês um espaço que temos no blog chamado: “A Vez do Leitor”

foro-virtualNele vocês podem contar suas histórias, enviar uma poesia, um conto, um vídeo, uma música, passar aquela receitinha de bolo da vovó… esse espaço é seu!!

Você só será identificado se quiser, como uma participante que nos enviou uma mensagem de reflexão, mas não quis que seu nome completo e foto fossem divulgados.  Você pode optar por usar um apelido.

Todo conteúdo enviado será analisado, desenvolverei a publicação e enviarei a você para aprovação, antes de colocar no ar.

A Vania Viana de São Gonçalo e a Maria Aparecida de São Paulo já participaram, e em breve vou publicar nossa primeira participação masculina .

Bora participar? Envie um e-mail para: alopeciabrasil@gmail.com

Beijocas, Claudinha

RESULTADO DA ENQUETE :VOCÊ FAZ ALGUM TRATAMENTO PARA ALOPECIA?

Boa noiteeeee,

Tudo bem com vocês? Desculpem a ausência nesses 2 dias, um problema com acesso ao blog me impediu de passar por aqui,  mas hoje felizmente foi solucionado. 😃

Hoje fiz o levantamento da enquete realizada no dia 06/02. Realizei a pesquisa aqui, no instagram e no facebook.  282 pessoas responderam a pergunta, sendo 36 homens 👨🏽 e 246 mulheres 👩🏽, o que mostra uma quantidade maior de mulheres portadoras de alopecia. Segue abaixo detalhamentos dos números que encontrei:

54% dos participantes realizam algum tipo de tratamento, a grande maioria são pessoas que descobriram a doença recentemente ou a no máximo 3 anos.
Os 46% dos participantes não realizam tratamento por opção ou por falta de condições financeira.
87% dos participantes são do sexo feminino, estudos apontam que cerca de 25% das mulheres entre os 25 e 65 anos apresentam algum tipo de queda de cabelo que pode ser ocasional ou progressiva.
Por deter o maior percentual entre os portadores e questões como vaidade, aceitação, estética as mulheres aparecem como as pessoas que mais realizam tratamento para alopecia.

Nos depoimentos no Facebook, muitas pessoas relataram a dificuldade em conseguir um tratamento adequado no sistema público de saúde, outras simplesmente desistiram de tratar.
Alguns relatam problemas com o convênio para liberar procedimentos por considerarem estéticos.

ESTÁ NA HORA DOS GOVERNANTES OLHAREM UM POUCO POR NÓS NÉ??

Os grupos no facebook são muito bacanas, os portadores desabafam, contam suas experiências, ajudam uns aos outros, vale a pela participar.

Algo que me assusta um pouco são as trocas de receitas nas redes sociais, por sorte alguns medicamentos que os portadores indicam não vendem sem prescrição médica e a grande maioria são receitas que ficam retidas.

Abram os olhos, não acreditem em cura milagrosa, sempre, SEMPRE procurem orientação médica.  

Não adianta tomar qualquer vitamina, usar qualquer remédio sem identificar qual o tipo de alopecia que você apresenta. Além de você realizar um gasto desnecessário, não obter resultados, ainda pode ter alguma reação a medicação.  Já contei aqui para vocês de um problema que tive em 2015 com um fitoterápico famosinho para queda de cabelo.

Eu, particularmente, não faço parte dos portadores que fazem tratamento, foi uma opção minha.  Não tive sucesso nos tratamentos que fiz, mas conheço muitas pessoas que tiveram.   Para você que está em tratamento, desejo muito, muito, muito sucesso!!!  Acredite, não desanime, pode dar certo com você!!!

Temos que dar o braço a torcer que a alopecia ainda é uma incógnita para a medicina, mas tenho fé que ainda conseguirão descobrir um tratamento que seja eficaz a todos nós.

Você que compartilhar sua experiência aqui no blog? 

Mande um e-mail para alopeciabrasil@gmail.com

Um beijo, uma ótima noite a todos e uma semana repleta de paz, saúde, harmonia e felicidade. 

Claudinha

QUAIS SÃO OS ALIMENTOS CONSTRUTORES, ENERGÉTICOS E REGULADORES?

Vocês acreditam que este é o post mais famoso do Blog? rsrsrs
Várias crianças postam comentários agradecendo, então vamos re-blogar, pode ser que vocês ainda não tenha visto.
A propósito, vocês sabem quais são os alimentos construtores, energéticos e reguladores?

Beijocas,Claudinha

ALOPECIA AREATA BRASIL

Por Claudia Grycak

De acordo com a função que desempenham no organismo humano, os alimentos podem ser classificados em três grupos principais:

Construtores

Pertencem a este grupo os alimentos ricos em proteínas, como leite, queijo, ovos, carne, frango e peixe (origem animal), além da soja, ervilha, lentilha e feijão (origem vegetal). As proteínas são compostos que constituem o principal componente dos organismos vivos. Elas são fundamentais para o crescimento e, se o nosso corpo fosse uma casa, poderíamos comparar as proteínas aos tijolos que usamos na construção.

Energéticos

Estão nesta categoria temos o arroz, milho, macarrão, pão, batata, mandioca, farinhas, açúcares, bolos e mel, ou seja, alimentos que contém carboidratos, compostos orgânicos que nos dão energia para trabalhar, estudar e brincar. Existem também os alimentos superenergéticos, que possuem grande quantidade de gordura e açúcar e, por isso, devem ser consumidos com moderação.

São eles manteiga, margarina, creme de leite, óleos…

Ver o post original 111 mais palavras

OS MÉDICOS PODEM SER NOSSOS AMIGOS

Na minha caminhada com a alopecia, passei pelos mais variados consultórios, das mais variadas especialidades e digo a vocês que tive algumas decepções com alguns profissionais que se limitavam a me receitar remédios, outros que queriam testar fórmulas milagrosas, sem contar que cobravam uma pequena fortuna por uma consulta médica.  E o nosso desespero é tão grande que gastamos até o dinheiro que não temos em busca da cura.😒
unnamed (1)Mas também tive a oportunidade de conhecer médicos maravilhosos, como por exemplo, a Dra Adriana Nicoletti que me ouvia, me compreendia, era uma amiga!! Até bolo de aniversário ganhei quando ela marcou infiltração bem no dia no meu aniversário!! Isso sem contar as vezes que meu dinheiro não dava para pagar a infiltração  e ela sempre dava um jeitinho de me ajudar.
Muitas pessoas enxergam o profissional da saúde como uma pessoa distante de nós, mas será que damos espaço para ele se aproximar?

Imagino o quanto deve ser difícil ser médico em um país onde a saúde custa tão caro.  Os planos de saúde são caros e o serviço oferecido pelo governo não atendem as necessidades de nossa população.

Female doctor is working in the surgery

Os médicos são obrigados a fazer consultas rápidas, mesmo nos convênios particulares  há um tempo determinado para a duração da consulta e uma espécie de meta de atendimentos que eles precisam realizar.  Essas regras, acabam impossibilitando os médicos de ter um contato mais “íntimo” com seus pacientes. Mas há muitos deles que quebram essa regra 😃

Muitas vezes, nós pacientes, gostaríamos de ter alguém que nos ouvisse, mas se não deixarmos essa intenção explícita, eles jamais saberão.  Da próxima vez que você for visitar seu médico, vá de coração aberto, conte a ele detalhes do seu dia a dia com a queda de cabelo, as vezes a consulta é curta devido ao número de pacientes que o profissional tem que atender, mas não tem problema, vá contando um pouquinho por vez, mas não deixe de vê-lo como seu amigo, como alguém que você pode confiar.

Beijinhos, Claudinha

INFORMATIVO ANVISA : CORONAVÍRUS

1800x1200_coronavirus_1Com o aparecimento dos casos de doença respiratória causada pelo coronavírus na China, o governo brasileiro vem adotando medidas de preparação, orientação e controle para um possível atendimento de casos suspeitos no país.   A Anvisa integra o Centro de Operações de Emergência (COE) – Coronavírus. Instituído pelo Ministério da Saúde, o comitê tem como objetivo preparar a rede pública de saúde para o atendimento de possíveis casos no Brasil, a fim de responder a eventuais ocorrências de forma unificada e imediata.  É importante destacar que, até o momento, não há confirmação de casos no Brasil. 

ATENÇÃO:

Se você tiver, febre, tosse ou dificuldade para respirar, dentro de um período de até 14 dias após viagem para a China, procure uma Unidade de Saúde mais próxima e informe a respeito da viagem.


PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE O CORONAVÍRUS

O que é o novo coronavírus? 

É um vírus que causa doença respiratória com sintomas semelhantes a um resfriado (febre, tosse, dificuldade em respirar), podendo causar também pneumonia. Até o momento, a China é o único país considerado como área de transmissão ativa da doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


Como o vírus é transmitido?

Por ser um vírus novo, as investigações sobre sua transmissão ainda estão em andamento. Mas já está confirmado que o vírus passa de pessoa para pessoa, pelo ar ou por contato com secreções, como gotículas de saliva e catarro. Ou seja, ele pode ser transmitido por espirros, tosse ou contato de objetos ou mãos contaminadas com a boca, nariz e olhos. Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe e, portanto, o risco de maior circulação mundial é menor.


Como evitar a transmissão?

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, principalmente antes de ingerir alimentos ou após utilizar transporte público e visitar locais com grande fluxo de pessoas (mercados, shoppings, cinemas, teatros, aeroportos e rodoviárias). Se não tiver água e sabão, use álcool em gel a 70%. 
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos e garrafas, com outras pessoas.
  • Evitar tocar as mucosas dos olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
  • Proteger a boca e o nariz com um lenço de papel (descartar logo após o uso) ou com o braço (e não as mãos) ao tossir ou espirrar.
  • Evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença (febre, tosse, dificuldade em respirar).

Qual é a orientação para quem for viajar para os países que estão com o novo coronavírus em circulação?

No momento, a Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda restrição de viagem, com base nas informações atuais disponíveis. No entanto, a orientação do Ministério da Saúde é de que viagens para a China sejam realizadas somente em casos de extrema necessidade.  Até o momento, o único país com transmissão local da doença é a China. 


Quais medidas devem ser adotadas pelos viajantes que chegam da China?

 O viajante que chega da China deve ficar atento a alterações de saúde, especialmente nos primeiros 14 dias após o retorno da viagem à China.  Se apresentar febre, tosse, dificuldade em respirar ou outros sintomas respiratórios: 

  • Procurar imediatamente atendimento médico e informar sintomas e histórico de viagem. 
  • Evitar o contato próximo com outras pessoas.
  • Evitar ambientes fechados e aglomerados.
  • Não viajar novamente enquanto estiver doente.

Há risco de contaminação pelo novo coronavírus quando em contato com embalagens ou produtos enviados da China?

Neste momento, a Organização Mundial da Saúde (OMS) desaconselha a aplicação de quaisquer restrições ao comércio.  Segundo a OMS, é seguro receber encomendas da China ou de outro país que já notificou casos confirmados. Por experiência com outros coronavírus, sabemos que esses tipos de vírus não sobrevivem por muito tempo em objetos, como cartas ou pacotes.

Para mais informações

Anvisa: http://portal.anvisa.gov.br/coronavirus/faq

Ministério da Saúde: https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus

TRATAMENTO DA ALOPECIA AREATA COM INFILTRAÇÃO DE CORTICORTERÓIDES

Este texto foi publicado em 2011, é um dos mais acessados do blog, por isso resolvi publicar novamente para àqueles que ainda não tiveram oportunidade de ler.

ALOPECIA AREATA BRASIL

Olá, Pessoal!!

Muitas pessoas comentam e pedem opinião sobre os tratamento com infiltração de medicamentos, por isso trago um texto do blog  www.tricologiamedica.blogspot.com do Dr. Ademir Jr para compartilhar com vocês!!

Um super beijo, Claudinha

De vez em quando alguns tratamentos que são realizados há muitos anos motivam novos estudos ou conclusões. Um artigo publicado no International Journal of Trichology reforça alguns conceitos que, apesar de bem conhecidos são importantes para orientar pacientes que sofrem com a alopecia areata. O estudo em questão comenta vantagens e desvantagens da infiltração de corticosteróides em áreas com o problema.

Acredito que a infusão de corticosteróides, apesar do desconforto da aplicação, costuma ser muito eficiente para pacientes com menos de 50% do couro cabeludo acometido. A literatura é bem clara neste sentido e minha experiência apenas confirma o que tantos outros colegas já publicaram sobre o assunto previamente.

É sabido que alguns pacientes…

Ver o post original 227 mais palavras

TOFACITINIBE, A ESPERANÇA PARA A CURA DA ALOPECIA…

Embora muitas pessoas não tenham conhecimento, a alopecia areata é um distúrbio autoimune comum. A queda de cabelo sempre foi e continua sendo o foco de muita pesquisa e inovação, simplesmente porque é um problema significativo que atinge milhões de pessoas.

Embora ofereçam milhares de tratamentos nos consultórios e produtos milagrosos na internet, a medicina ainda não conseguiu desenvolver um tratamento que seja eficaz a todos os portadores.

medicamentoO tofacitinibe, é uma medicação utilizada para pacientes com artrite reumatóide, que surgiu no mercado em 2012 e desde então ela vem sendo testada como possível tratamento de diversas outras doenças autoimunes.  Há 06 anos tem sido objeto de estudo para tratamento de queda capilar.

Em 2014 foi divulgado o primeiro caso de tratamento bem sucedido, em um homem com o Tofacitinibe. Além do cabelo, cresceram os pêlos das sobrancelhas e cílios, além do rosto e axila, todos afetados pela alopécia.

Em 2017,  foram incluídos 90 pacientes com mais de 18 anos e pelo menos 40% do couro cabeludo comprometido, desses, 66 pacientes tiverem retorno positivo no crescimento capilar.

Em 2018 foram avaliados 10 pacientes adultos com alopecia areata extensa e persistente.  Eles foram tratados durante 24 semanas com pomada de Tofacitinibe a 2%.  Um total de 3 pacientes apresentaram resposta ao tratamento, sendo que 1 teve retorno significativo do crescimento.

“O citrato de tofacitinibe é um medicamento capaz de modular o sistema imune.  Para exercer suas funções corretamente, cada célula do nosso organismo tem uma série de sinalizadores internos que orientam a forma correta de cada parte da célula funcionar.  Esses sinalizadores são pequenas proteínas chamadas de citocinas.  Dentre as diversas funções das citocinas, estão papéis essenciais no controle das respostas imunes, inclusive em doenças autoimunes.”

O Tofacitinibe faz parte de uma geração de medicamentos para o tratamento da alopecia areata.  O alto custo da medicação em torno de R$ 5.000,00 por mês, os diversos efeitos colaterais e a dificuldade de manutenção da resposta terapêutica são alguns dos desafios que ainda precisam ser vencidos.

Caso consigam demonstrar resultados consistentes e solucionar esses pontos, o tofacitinibe poderá se firmar como opção de tratamento para a cura da alopecia.

ALOPÉCIA NÃO MATA, MAS DÓI!!

Homens e mulheres entram em desespero quando o assunto é queda de cabelo, não é mesmo?!   Para nós mulheres, a perspectiva de perder o cabelo, é um pouquinho mais difícil.

Diariamente, vemos tratamentos milagrosos anunciados na internet e na TV, eles custam uma fortuna, e na maioria das vezes acabam nos decepcionando com os resultados.  Profissionais desonestos nos prometem os cabelos em dias, semanas, meses e quando você se dá conta lá foi o seu suado dinheirinho jogado no lixo e cabelo que é bom, nada!!!

No finado orkut, um indivíduo levou dezenas de mulheres no “bico” com a venda de próteses, algumas deram a sorte de ter seu dinheiro devolvido, outras receberam as próteses mas se decepcionaram com o resultado, outras estão se uniram para cobrar explicações do rapaz junto a justiça, mas acabou em pizza.  Essas pessoas esquecem de um único detalhe: alopecia não mata, mas dói!!!

Dói na alma da gente, é uma dor que não tem remédio que faça passar de uma hora para outra, como um analgésico faz com nossas dores de cabeça. Não há hora, dia e nem mês certo para essa dor passar e algumas pessoas insistem em tirar proveito dessa situação.

Quem convive com a alopecia sabe o quanto é doloroso, difícil entendermos e aceitarmos nossa nova condição e quanto mais tempo demoramos para aceitar, mais rápido o processo evolui, pois nosso emocional é fator fundamental de cura, mas também de progresso da alopecia também.

O importante é não entrarmos em desespero e procuramos ajuda médica para identificar as causas da queda. Lembrem-se que existem outros fatores que podem desencadear a queda!!  SOMENTE UM ESPECIALISTA PODE DAR O DIAGNÓSTICO CORRETO.

Conversem com os familiares, com os amigos, entenda o problema, pesquise, procure grupos de discussão…  Procure ajuda de um psicólogo, de um terapeuta, alopecia dói sim, mas não deixe essa dor tomar conta de você, não deixe de viver, pois nossa vida é muito  mais que cabelos!!

18948929-adesivo-de-parede-amor-fe-esperanca-amarelosku20v2148-657-2-800x760

Que nossa sexta feira seja iluminada…

Papai do Céu sabe o que prepara para cada um de nós, aguente firme, você vai vencer!!

Um beijo no coração de vocês,

Claudinha