BOA SAÚDE É QUESTÃO DE SORTE?

Quem nunca ouviu alguém dizer: nossa fulano tem sorte, nunca fica doente!

Será que boa saúde é uma questão de sorte? Eu, particularmente, acho que não.  Cada dia mais pessoas estão sofrendo com problemas de pressão alta, obesidade, enfim, uma infinidade de problemas que podemos mudar se criamos novos hábitos.

Quando iniciamos 2015, eu estava com 105 kgs, não aguentava subir escadas, sempre cansada, pressão altíssima, dores constantes nas costas, tudo por causa do sobre-peso.  Foi aí que acordei e resolvi mudar.

claudia20Isso exigiu muita dedicação, mas valeu a pena o esforço.Não fiz dietas malucas, não tomei remédios, meu primeiro passo foi ir ao endocrinologista para ver como estava minha saúde e em vez de remédios, o endócrino me indicou uma nutricionista para aprender a me alimentar. Alimentação adequada, sem restrições, e caminhadas me levaram dos 105 aos 87 kgs.

Boa saúde, decididamente, não é uma questão de sorte.  Hoje me sinto mais disposta, a pressão quase normalizou, não sinto mais o mesmo cansaço e me sinto mais feliz ao me olhar no espelho!! =D

Hoje li um artigo no portal Cuidados Mil sobre 5 coisas que podemos fazer AGORA para ter uma saúde melhor, vamos conhecê-los?

1. Visite seu médico.

Visitas regulares ao seu médico são uma parte importante para se manter saudável . Leve uma lista de todos os medicamentos prescritos, suplementos, assim como medicamentos utilizados por conta própria. Liste ainda seus sintomas, alergias, dúvidas e preocupações. É importante verificar com seu médico se está na hora de tomar vacinas ou fazer alguns exames, como colesterol, mamografia ou rastreio do câncer colo-retal.

2. Mexa-se.

A atividade física pode ajudar a controlar o peso, stress, pressão arterial, depressão e ansiedade. Todas as pessoas, independente da idade, sexo ou capacidade, podem se beneficiar ao ser ativo. Se você é fisicamente inativo ou tem alguma condição clínica, como artrite, diabetes, doenças cardíacas, gravidez ou outros sintomas, consulte o seu médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios ou aumentar o seu nível de atividade. Ele pode lhe dizer os tipos e intensidade de atividades seguros e mais adequados para você. Se estiver tudo bem, tente iniciar os exercícios em um nível confortável e aumente aos poucos a intensidade desta atividade.

Para ajudar a motivá-lo, escolha algo que você goste de fazer, como caminhar ao ar livre ou dançar. Para ajudar a tornar essa atividade mais divertida, peça a um amigo para acompanhá-lo – e não se esqueça de proteger este tempo você reservou para “começar a se mexer”.

3. Coma de maneira inteligente.

Nossos corpos são nossos motores pessoais. A forma como nos alimentamos pode nos ajudar a nos sentirmos bem, aumentar a nossa energia e melhorar a nossa saúde. Estratégias vencedoras para comer melhor podem incluir:

  • Metade do seu prato deve conter frutas e legumes.
  • Escolha leite sem gordura ou com pouca gordura, além de produtos lácteos.
  • Prefira cereais integrais, como pão e arroz integrais.
  • Corte alimentos com gorduras sólidas, açúcares e sal, como biscoitos, sorvetes, cachorros quentes e pizzas.

4. Cuidado com o stress.

O stress tem efeitos tóxicos que podem levar a sérios problemas de saúde. Felizmente, há muitas maneiras saudáveis ​​para combatê-lo, incluindo o exercício físico! Se você não souber como começar, tente algum programa on line ou encontre um instrutor profissional. Algumas técnicas comumente praticadas incluem exercícios de respiração profunda, imaginação guiada, meditação, massagem terapêutica, yoga e tai chi.

5. Durma bem.

Assistir televisão até tarde pode ser divertido, mas diminui muito seu tempo total de sono. A maioria dos adultos precisam entre sete e oito horas de sono por noite. Você precisa dormir para aprender coisas novas e para lembrar o que você aprendeu. O sono também ajuda o seu humor. A falta de sono não só o deixa de mau humor e irritado, mas ao longo do tempo pode aumentar o risco de depressão. Se você está indo além de suas possibilidades, é hora de desacelerar e dar ao seu corpo o descanso que ele precisa. Tenha um horário de sono regular. Se você é sensível à cafeína, reduza sua ingestão. Ao melhorar seus hábitos de sono, haverá uma melhora em sua aparência geral e condições de saúde.

Espero que tenham gostado das dicas e, principalmente, que zelem pela saúde e pelo bem estar sempre.  Apesar do desanimo que as vezes nos abate, principalmente nós portadores de AA, jamais podemos deixar de nos cuidar!

Feliz tarde a todos!!!

Beijocas, Claudinha

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Alimentação, Alopécia, Auto Estima, Dicas, Nutrição, Saúde, Uncategorized e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s