SAIBA COMO ESCOLHER UM BOM SHAMPOO E CONDICIONADOR

Olá, Pessoal

Tudo bem com vocês?  Aproveitaram bastante o final de semana? Espero que sim..

Hoje vamos falar sobre os shampoos, são tantas opções no mercado que na hora de comprar ficamos olhando, olhando e nem sempre acertamos na compra.

Mesmo estando carequinhas precisamos fazer o uso de um bom shampoo, então segue abaixo as dicas de Sonia Corazza para fazermos uma boa compra. Espero que gostem!!

Beijos e uma linda semana para todos nós!!

Claudinha

Com tantos lançamentos em cosméticos para cabelo, fica difícil escolher o melhor produto para o dia-a-dia. Vou falar um pouco e dar dicas de ingredientes para cada cabelo, pois o fundamental é saber qual é o seu tipo de cabelo e a condição do couro cabeludo.

Um fio de cabelo fino e delicado é mais sensível, precisa de fórmulas mais suaves, contendo agentes de limpeza não agressivos, como os poliglucosídeos (lauril e decil glucosídeo). Já um cabelo ressecado por tinturas e tratamentos químicos exige a presença de aminoácidos para reconstruir sua fibra, portanto opte por produtos contendo cisteína e arginina. Para o tratamento diário e cabelos oleosos a dica é buscar agentes que controlem a superprodução de sebo no couro cabeludo, como a argila e o ácido salicílico.

Mito do sal

O cloreto de sódio, popularmente conhecido como “sal” é um eletrólito, que usado na dosagem correta não interfere em nada na qualidade do cabelo, é mais um dos tabus que devem ser abolidos. O importante é que a fórmula seja equilibrada, assim se garante segurança e performance do produto.

Por que os cabelos ficam ressecados com o uso de shampoos?

O que retira excessivamente a proteção lipídica natural dos cabelos são os agentes de limpeza, chamados tensoativos. Dentro dessa família os alquil sulfatos, entre esses o lauril éter sulfato de sódio, é o mais “ressecante” dos tensoativos. O importante é que você tenha uma fórmula equilibrada, com outros agentes repositores dos lipídios perdidos. Desses as amidas vegetais de coco (cocamida) ou oliva (olivamida) são as melhores para evitar o ressecamento do seu tipo de cabelo, procure nas bulas dos produtos e verá a diferença.

Ingredientes indispensáveis numa fórmula

Além dos tensoativos, os silicones (dimeticone copoliol, ciclometicone, fenil trimeticone e amodimeticone) ajudam a formar um filme protetor nos cabelos. Mas é fundamental que o produto para cuidar do cabelo tenha aminoácidos (lisina, arginina, cistina, cisteína, histidina) que reforçam a estrutura natural do fio. O pantenol também é muito bem-vindo para qualquer tipo de cabelo, pois retém a água dentro da cutícula, impedindo o ressecamento do fio.

Ativo anticaspa

Todos os agentes antimicrobianos, fungicidas e antibacterianos específicos como: piroctone olamina, derivados de zinco, óleo essencial de melaleuca, entre outros.

O importante é que a empresa fabricante apresente testes de comprovação de eficácia do mix de ativos utilizados. Procure por resultados comprovados antes de comprar.

Couro cabeludo sensível

Para quem tem esse problema vale optar por shampoos bem suaves, contendo tensoativos proprios para bebês, como os sulfosuccinatos. Mas lembre-se de condicionar apenas as pontas dos fios de cabelo, evitando o contato com o couro cabeludo.

As formulações devem ser diferentes para homens e mulheres?

Sem dúvida! Homens apresentam couro cabeludo mais oleoso e com maior sudorese, sendo também naturalmente mais propensos ao desenvolvimento da caspa devido à presença de testosterona na gordura secretada. Além disso, poucos são os que têm tratamento químico no fio de cabelo, portanto precisam usar semanalmente um shampoo anticaspa como prevenção e diariamente um shampoo mais antisséptico, contendo, por exemplo, óleo essencial de alecrim, extrato de chá verde ou ácido salicílico.

Com a lista de matérias-primas ativas na mão fica mais fácil escolher o produto certo para o seu caso, então boas compras!

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Cabelos, Curiosidades, Dermatologia, Dicas, Diversos, Saúde e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s