QUER FICAR EM PAZ COM A SUA MENTE?

  1. Escolha pensar sempre de forma positiva. Desenvolva a vigilância sobre seus pensamentos. E, quando perceber que um pensamento negativo surgiu em sua mente, substitua-o, imediatamente, por um pensamento oposto. Para isso, você precisa de muita disciplina mental. Você não consegue isso da noite para o dia. Assim como um atleta ou um pianista fazem treinamentos contínuos, treine muito com determinação e perseverança.
  2. Não alimente preocupações, pensando no pior,afirmando que está sendo realista. Compreenda que isso gera sofrimentos inúteis para você e para quem está ao seu redor. Ser positivo não é ser otimista. Ser positivo é ter uma mente clara, com discernimento, sem nutrir expectativas negativas.
  3. Pare de se queixar. Quando você reclama, você atrai para si mesmo a carga negativa de suas próprias palavras. Como um imã, você atrai tudo aquilo que não deseja. A maioria das coisas que não dão certo, começa a se materializar quando lamentamos.
  4. Para mudar o hábito de reclamar, você precisa policiar suas palavras e seu tom de voz. Comece a observar-se e ficará surpreso como, diariamente, você reclama muitas vezes. Reclama do tempo, dos governantes, do país. Você se queixa do marido que deixou a toalha na cama, da mulher que gastou demais, do filho que não fez o que você queria, da empregada que não trabalhou da maneira como você explicou, dos amigos, dos vizinhos, dos acontecimentos, etc. Dessa maneira, você passa seu dia, se irritando e se sentindo descontente.
  5. Aceite o que lhe acontece no momento presente. Entenda que nada acontece por acaso. Estamos colhendo agora o fruto de nossos pensamentos, palavras e ações. Não se revolte com os fatos e pessoas. Extraia lições do que lhe acontece, e com paciência e coragem, supere seus obstáculos e desafios.
  6. Não dê importância às pequenas coisas e não se aborreça com facilidade. Não perca tempo com melindres e preocupações que trazem doenças e tiram seu equilíbrio e paz mental. Quando você se irrita ou quando explode de raiva, você envenena seu corpo e sua mente. Em vez disso, desenvolva tolerância e compreensão.
  7. Perceba como fala com voz áspera e ríspida, até com as pessoas que mais gosta. Veja como isso gera desarmonia dentro de você, no seu ambiente de trabalho, no seu lar, nas suas amizades.
  8. Quando for necessário reclamar, faça isso sem ofender o outro, com uma voz mais baixa e suave. Isso requer treinamento da mente e evolução espiritual, pois refletimos o que temos dentro de nós.
  9. No inicio desse aprendizado de não reclamar, você pode até reclamar na sua mente, mas procure não expressar, com palavras, seu descontentamento. Isso não é engolir sapo ou ser submisso, mas dominar a mente negativa e descontente.
  10. Pare de querer controlar os outros ou a vida, porque isso é impossível. Ninguém muda a ninguém nem pode controlar os acontecimentos, porque tudo é impermanente. Podemos e devemos, sim, controlar nossa mente e mudar a nós mesmos.
  11. Desenvolva o sentimento de gratidão que é o antídoto para não reclamar. Em vez de ficar lamentando, conte suas bênçãos, e veja como é abençoado em muitos aspectos.
  12. Liberte-se do sentimento de culpa., que cria uma prisão interna. Em vez de se culpar, aprenda com seus erros. Desenvolva a humildade de reconhecer seus erros e peça desculpas. Às vezes, você nem errou e se culpa sem motivo. Assim, faça o melhor que puder, libertando-se das cobranças e do perfeccionismo.
  13. Não alimente medos imaginários. O medo é a maior causa dos nossos sofrimentos internos. Perceba que eles são criados pela mente negativa e, que quando você os enfrenta, eles vão desaparecendo como bolha de sabão, porque não têm consistência, são apenas ilusões do ego negativo.
  14. Tenha disciplina na fala, evitando fofocas e comentários maldosos sobre os outros. Evite brigas e discussões, pois isso desarmoniza você, sua família e o ambiente à sua volta.
  15.  A meditação regular e o relaxamento são ferramentas essenciais para aquietar a mente e conseguir superar traumas de infância e mágoas.
  16. Entenda que o ansioso vive pensando no futuro. A pessoa com raiva vive no passado. Desse modo, desenvolva a habilidade de estar presente. Não perca o presente, esse momento tão precioso, pensando nas expectativas do futuro ou nas lembranças do passado. Valorize seu dia a dia, pois nada se repete. Viva o aqui e agora e seja mais tranquilo e equilibrado. Fique em paz! Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!
Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para QUER FICAR EM PAZ COM A SUA MENTE?

  1. Thais disse:

    Adoreiiiii!!!!
    Vou ler essas dicas diariamente…estou precisamo MUITO delas!!rs

    Beijos e Parabéns!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s