MENSAGEM DE FINAL DE ANO

Queridos Amigos, Leitores e Familiares,

Mais um ano que se vai, um ano difícil para muitos de nós, para outros um ano de muitas realizações, mas o mais importante é que conseguimos chegar até aqui…  Por melhor ou mais equilibrada que nossa vida seja, sempre estamos sendo brindados com momentos de desafios, não temos como escapar pois eles são necessários para nosso crescimento.

Há um bom tempo que o meu maior desafio era encarar de frente a alopecia, quanto mais eu resistia em aceitá-la mais exposta e mais vulnerável eu ficava e com isso meus cabelos caiam mais, e mais, e mais.  Por mais que se tente, não há como evitar os momentos dolorosos da vida, sofremos por ficarmos estagnados, por não aceitarmos que a dor muitas vezes vem para abrir nossos olhos e despertar nossa consciência de que a vida foi feita para ser vivida.

Quanto problema, quanta confusão deixaria de existir em nossas vidas se tivessemos coragem de ser quem realmente somos… para dizer não, não quero, não posso, não gosto, não vou…   para dizer eu te amo, eu tenho saudade, sinto sua falta, fica comigo ou vai embora…  para pedir colo, beijo, abraço, um olhar, um gesto de carinho qualquer… para dizer que hoje não está a fim, de pedir desculpas, de dizer que se arrependeu… para dizer que saiu com os amigos, que perdeu o emprego por causa de um erro, que não gosta da amiga dela, que tomou uma cervejinha, que não está a fim de ir trabalhar hoje… para dizer que não gostou da blusa que ganhou, que se arrependeu de ter cortado os cabelos, que adora música brega, que assiste novelas, que se arrependeu de comprar aquela peruca roxa só porque sua amiga disse que estava na moda…

Coragem para elogiar, criticar, brincar, aconselhar e aconselhar-se…  Coragem de viver a vida…

Como Patrícia Gebrim escreveu em um texto: “Quanto sofrimento vivemos ao tentar controlar o incontrolável, ao tentar ser perfeitos neste mundo onde tudo tem ao menos uma aresta, uma borda, um risco na superfície lisa que replete nossa própria imagem.”

O que quero dizer com isso: nossa saúde emocional é extremamente importante para a nossa saúde física, quem tem alopecia sabe muito bem o que quero dizer com isso.

Minha mensagem para vocês é que jamais deixem de viver suas vidas pela falta do cabelo, policiem-se, prestem atenção no dia a dia e vejam quantos problemas mais sérios existem à nossa volta.  Tenham coragem de ser quem realmente são, não deixem que a correria, os desafios da vida sufoquem a vontade de viver e de ser feliz.

Agradeço o carinho, as críticas, as sugestões…  Agradeço aos amigos, aos leitores, aos familiares, aos seguidores e a Deus por ter estado com vocês durante este ano.

Desejo a vocês e seus familiares um 2011 repleto de muita paz, saúde, alegria, prosperidade e também muitos cabelos a todos nós!!

Um super beijo,

Claudinha

 

RECEITA DE ANO NOVO, por Carlos Drumond de Andrade

Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido)

Para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha, você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?)

Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.  Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumidas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Alimentação, Alopécia, Artesanato, Artigos, Blogs, Cabelos, Calvície, Crianças, Curiosidades, Dermatologia, Dicas, Discriminação, Diversos, Doenças, Enquete, Filmes, Livros, Música, Medicação, Pele, Protesto, Psicologia, Reflexão, Relações Trabalhista, Saúde, Tratamentos, Tratamentos Alternativos, Uncategorized, Utilidade Pública, Vídeos, Verão e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s