CONSUMO ADEQUADO DE ALIMENTOS É MAIS EFICAZ QUE SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINAS

Texto de Patricia Davidson HaiatCasa, trabalho, filhos… alimentação! Dizer que uma pessoa hoje em dia é saudável em termos de alimentação é muito complicado e caso raro. Atualmente, com o ritmo de vida que a maioria das pessoas tem, muitas vezes fica impossível se alimentar corretamente, principalmente quando falamos de qualidade, que inclui comer 5 frutas por dia e ainda incluir legumes, verduras, cereias integrais etc… todos os dias!

Sendo esse um quadro quase impossível de ser pintado, a suplementação de vitaminas e minerais passa a ser uma alternativa e tem como propósito o de suprir as deficências do organismo.

As pesquisas mostram que 90% da população brasileira com mais de 40 anos consome cálcio abaixo da quantidade internacionalmente recomendada. Ou seja, 1.200mg por dia. Em média, aqui a ingestão diária desse nutriente é de 400mg por dia, o que significa um terço do considerado ideal para o bom desenvolvimento e manutenção óssea e cardiovascular.

Cerca de 80% da população não consome magnésio e vitamina C suficientes, além de vitamina E e principalmente vitamina D, que precisa ser sintetizada no organismo a partir da exposição solar, que hoje tem sido vista como vilã. Ainda faltam vitamina A no prato de 50% dos brasileiros e vitamina K na alimentação de 81%.

Partindo desse panorama, se o organismo não tem “combustível”, não funciona direito, então começa a surgir sintomas que vão aos poucos aumentando como: falta de disposição, concentração, ganho de peso, etc. E antes que chegue nesse quadro, a pessoa já acaba sentindo a necessidade de recorrer ao suplemento para suprir a falta de ingestão dos nutrientes pela alimentação.

Mas fique atento, a real necessidade de suplementação de vitaminas e minerais só pode ser avaliada por um profissional de saúde (nutricionista ou médico) que pelos sinais e sintomas do paciente pode detectar alguma carência e optar pelo uso do suplemento. Será feito um recordatório alimentar, de uma semana por exemplo, para que se tenha a real ideia de quais alimentos estão sendo ingeridos e se existe alguma deficiência. Muitas vezes hábitos que a pessoa acha simples, como tomar um café após o almoço e a janta, acaba por jogar fora todo o ferro daquela refeição. Esses hábitos sendo mudados, podem trazer um melhor aproveitamento dos nutrientes e consequentes benefícios para o organismo.

A suplementação de vitaminas deve ser supervisionada por médico ou nutricionista para garantir que aquele nutriente esteja na quantidade correta e em sua melhor forma de absorção no organismo. Isso é essencial para obter resultados satisfatórios com a suplementação. Então, não adianta comprar qualquer suplemento na farmácia, porque muitas vezes a quantidade e a qualidade do produto é tão baixa que a pessoa está literalmente jogando dinheiro fora.

Por isso, antes de tudo, tente adequar o máximo possível a sua alimentação. A seguir, algumas dicas de alimentos que devem estar no prato para que o organismo esteja sempre cheio de nutrientes!

Vegetais folhosos

Os vegetais folhosos verdes escuros são os personagens principais e que nunca devem faltar, pois possuem praticamente todos os nutrientes que faltam na dieta do brasileiro, isso mesmo, possuem cálcio, magnésio, vitamina K, C e A.

Além dos vegetais verdes escuros como couve, brócolis, rúcula, o cálcio está presente no gergelim, salmão, ovos e e cereais. Apesar do cálcio ser muito vinculado ao leite e a seus derivados, podemos afirmar que esses alimentos possuem sim uma quantidade grande de cálcio, mas que seu aproveitamento pelo organismo é baixo, isto é, não tem boa absorção. Já no caso de vegetais verdes escuros, apesar da quantidade não ser tão grande, o aproveitamento é bem elevado e por isso torna-se uma escolha mais interessante.

O magnésio, como o cálcio, é mineral presente principalmente nos vegetais verdes escuros e nos cereais como o arroz integral. É um mineral essencial e que faz parte de mais de 250 reações enzimáticas no organismo e é superimportante para a produção de energia.

A vitamina K está presente na alface, na couve-flor, no espinafre, no repolho e em menor proporção nos cereais, como o trigo e a aveia.

Já a vitamina A tem como fontes os vegetais verdes escuros, cenoura e frutas amarelo-alaranjados possuem carotenoides que são convertidos em vitamina A pelo organismo.

Junto com as frutas ricas em vitamina A, ganhamos a vitamina C pouco consumida e também presente mais uma vez nos vegetais verdes escuros .

E a vitamina E está presente, principalmente nos óleos vegetais, oleaginosas em geral como nozes, amêndoas e castanhas e no gérmem de trigo.

E por fim a vitamina D não possui fonte dietética significativa, para obtê-la é necessário que haja exposição solar para que o organismo consiga produzir a vitamina. Então, a dica é se expor ao sol no começo da manhã, quando ainda é fraco. A deficiência de vitamina D já é associada a diversas doenças como o diabetes.

E lembrando que o organismo SEMPRE prefere a vitamina ou o mineral do alimento que está em sua melhor forma de absorção, por isso seu consumo deve ser SIM incentivado antes que se opte pelo uso de suplementos.

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Alimentação, Curiosidades, Dicas, Diversos, Doenças, Saúde, Utilidade Pública e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s