COMO PARAR DE FUMAR?

Por Claudia Grycak

Falar é fácil, mas somente aqueles que são dependentes do cigarro sabem o quanto é difícil parar  de fumar.  Quem nunca fumou não pode avaliar a dificuldade que temos em nos livrar, pois assim como o copo é a fuga do alcóolatra o cigarro é a nossa fuga.  Fumamos quando estamos felizes, tristes, quando temos problemas, para passar a hora e, também, pelo prazer de fumar.

Assim que peguei o resultado do meu teste de gravidez, parei imediatamente de fumar, até hoje me pergunto como consegui, porque eu até sonhava com o cigarro… mas como todo viciado tive minha recaída e 4 meses após o nascimento da Luiza voltei e ainda não tentei parar novamente.

Mas pensando nos milhares de fumantes que talvez tenham um pouco mais de boa vontade e de opinião, segue abaixo dicas do portal do coração (www.portaldocoracao.uol.com.br) para parar de fumar.

Um super beijo a todos, Claudinha

Cerca de 75% dos pacientes que param de fumar, o fazem sem nenhuma orientação formal . No entanto, caso você já tenha tentado parar de fumar outras vezes sem êxito ou tenha evidências de uma maior dependência à nicotina (fuma mais de 20 cigarros por dia , fuma na primeira meia hora da manhã, tenha dificuldade de ficar mais de uma hora sem fumar ou tenha tentando de parar de fumar mas sem sucesso), provavelmente terá maior dificuldade em largar o vício. Nestes casos, a orientação de um médico (cardiologista, clínico ou pneumologista) e o uso de uma medicação serão fundamentais para o seu sucesso. Relate ao médico as suas dificuldades em tentativas anteriores em parar de fumar.

Medicamentos usados para a cessação do tabagismo:

Atualmente temos três grupos de medicamentos de primeira linha aprovados para o auxílio na cessação do tabagismo: a terapia de reposição com nicotina (no Brasil disponível sob a forma de gomas ou adesivos), um antidepressivo chamado de bupropiona (comercialmente conhecido como Zetron ou Zyban) e a vareneclina (um medicamento que bloqueia os receptores da nicotina no cérebro, sendo comercialmente conhecida como Champix). Estes medicamentos poderão ser administrados isoladamente ou até de uma forma associada (a vareneclina não pode ser associada com a terapia de reposição com nicotina).

Técnicas para parar de fumar:

  • Parada imediata: Você marca um determinado dia e, a partir desta data, não fumará mais. Esta forma de parada deverá ser sempre a sua primeira opção. Avise seus amigos e familiares sobre esta decisão , bem como a data estipulada para esse fim.
  • Parada gradual: Você pode utilizar este método reduzindo o número de cigarros fumados (exemplo 1) ou retardando a hora do primeiro cigarro fumado durante o dia (exemplo 2). As duas técnicas levam a cessação do tabagismo em cerca de 7 dias.

Exemplo 1: um fumante de 30 cigarros por dia, no primeiro dia fuma os 30 cigarros usuais , no segundo dia fuma 25 , no terceiro dia fuma 20 , no quarto dia fuma 15, no quinto dia fuma 10 , no sexto dia fuma 5 e , no sétimo dia deixaria de fumar (seria o seu primeiro dia sem fumar cigarros) .

Exemplo 2: no primeiro dia você começa a fumar às 9 horas , no segundo dia às 11 horas , no terceiro dias às 13 horas , no quarto dia às 15 horas, no quinto dias às 17 horas , no sexto dia às 19 horas e , no sétimo dia deixaria de fumar (seria o seu primeiro dia sem fumar cigarros).

A técnica de parada gradual nunca deve durar mais do que 2 semanas, pois o índice de sucesso costuma ser muito pequeno. A substituição do cigarro convencional por cigarros de baixo teor ou por outros derivados de tabaco como cachimbo ou charuto, não são uma boa opção, pois também fazem mal à saúde.

Dicas para aumentar o seu êxito de parar de fumar:

No período em que você está deixando de fumar ou acabou de parar, evite beber álcool ou ingerir café, pois estas substâncias aumentam o desejo de fumar. Neste período, evite ir em certos locais sabidamente frequentados por fumantes, como bares, boates e clubes. Procure realizar atividades em locais sem a presença de fumantes , como passeios em praças e parques , cinema ou teatro . Sempre tenha em seu bolso uma bala para chupar ou chiclete para mascar . Estes são sempre uma boa opção na hora do aparecimento do desejo de fumar (fissura).A ingestão regular de água, frutas, verduras e legumes também poderão ajudá-lo no combate da fissura.

Lidando com os problemas após a cessação do tabagismo:

  • Ganho de peso : O indivíduo que para de fumar costuma ganhar peso, pois a nicotina aumenta as taxas do metabolismo, além disso, o apetite e o paladar melhoram após o abandono do vício. No entanto, a média de ganho de peso é de apenas 3 a 5 quilos (apenas 10% das pessoas ganham um peso mais significativo ). Por isso, é fundamental o aumento das atividades físicas neste período. Procure ingerir bastante líquido, sucos naturais , chás ou refrigerantes dietéticos. Evite doces e alimentos gordurosos. Aumente neste período a ingestão de frutas, verduras e legumes . Para distrair a fome você pode chupar balas e mascar chicletes dietéticos. O uso dos medicamentos citados acima, podem retardar ou minimizar o ganho de peso após parar de fumar.
  • Síndrome de abstinência: É o conjunto de sintomas que o indivíduo poderá apresentar após a cessação do tabagismo. Estes sinais e sintomas incluem : irritabilidade ou raiva, inquietude ou impaciência, aumento do apetite e ganho de peso, ansiedade, dificuldade de concentração, insônia e humor deprimido. Em geral estes sintomas são transitórios e duram no máximo quatro semanas. Alguns medicamentos usados para a cessação do tabagismo podem ajudar a minimizar estes sintomas.
  • Recaídas: Infelizmente o percentual de pessoas que deixam de fumar e sofrem recaídas é bastante grande. Momentos de dificuldades ou de maior ansiedade são propícios para a ocorrência de recaídas. No entanto , lembre-se que todas as pessoas têm problemas e estes costumam surgir ao longo de toda a nossa vida. O fato é que voltar a fumar não resolverá seus problemas, pelo contrário, você estará arranjando mais um para vocë. Nestes momentos, realizar atividades físicas e terapias de relaxamento poderão ser úteis.  Tenha consigo sempre uma bala ou chiclete para mascar. Escovar os dentes em momentos de maior desejo de fumar também poderá ser útil.

Evite o primeiro cigarro e você evitará todos os outros.

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Dicas, Diversos, Doenças, Reflexão, Saúde, Utilidade Pública e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s