O CHARME DO CACHECOL

Por Claudia Grycak

 Tudo bem com vocês?  Espero que sim…

Hoje tá um friozinho daqueles aqui em São Paulo, aquele dia típico para ficar sob as cobertas assistindo TV…rsrs  Minha semana foi super corrida, meu trabalho hoje ainda vai render muito, mas não podia deixar de vir aqui dar uma beijoquinha em vocês!!

Espero que gostem deste post!

Beijocas, Claudinha 

A palavra cachecol vem do francês “cacher” cujo o significado é “esconder o pescoço”. Surgiu em Roma, no século I a.C., pelos soldados que usavam um pano molhado amarrado no pescoço nos dias mais quentes para refrescar. Em 1668, os franceses adotaram o cachecol (que parecia com a gravata atual) como parte do vestuário, eles eram de linho ou de renda e pontas longas e soltas. No século XIX, surgiu o cachecol enrolado em volta do pescoço para aquecer do frio e até hoje é acessório indispensável para o inverno.

Com esse friozinho, eles chegam com todo o seu charme.  O cachecol é um dos acessórios mais antigos usado tanto por mulheres, como homens.  Entra ano, sai ano e eles estão sempre na moda compondo nosso look do dia a dia.  Hoje existem cachecóis coloridos, listrados, compridos, mais largos, uma variedade que pode ser usado das mais diversas formas e nas mais variadas situações. 

O modo de usar não segue somente aquela tradição de dar uma voltinha no pescoço deixando uma ponta longa na frente e uma longa nas costas.

Os consultores de moda sempre lembram que, por ser um acessório que fica muito perto do rosto, as cores escolhidas para um cachecol vão depender muito do tom de pele de cada um. Preto, branco, bege e cinza são sempre chiques e neutros, mas faça a sua combinação, solte a sua imaginação, mas proteja-se do frio.

Anúncios

Sobre Claudinha Grycak

Brasileira, divorciada, natural de São Paulo, 40 anos. Sou portadora de Alopecia há 21 anos, criei esse blog para aproximar as pessoas que sofrem desse problema. "Aceitação não é comodismo ou fuga, o ato da aceitação equivale a envolver com amor profundo os fatos que não podemos alterar e encará-los como circunstâncias a serem vivenciadas e vencidas para o fortalecimento do nosso ser."
Esse post foi publicado em Curiosidades, Dicas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s